Eleições 2016

Plano de Governo- Débora Volpini

Coligação – Gente que faz

(PTB/PP/PSC/PSB/PMDB/PSDB)

1-Faça um resumo do seu plano de governo para o município de Jacupiranga.

Saúde Otimização e humanização no seu contexto geral capacitando funcionários para melhor atendimento, sobre tudo contratação de médicos para atender a demanda da população.

Melhorias nos setores laboratoriais, raio-x e outros departamentos, melhorias no setor de agendamento de consultas facilitando com mais brevidade possível, sabemos que hoje a população fica numa fila de espera absurda.

Aquisição de veículos para melhorias no serviço de transporte de pacientes.

Dar continuidade nos serviços prestados e melhorar os demais setores.

A melhoria do serviço de saúde do nosso município será um grande desafio, uma batalha árdua, mas com muita fé em Deus, trabalho e responsabilidade eu creio que será possível cumprir os anseios do nosso povo

Educação

Melhorias em todos os setores da educação com reforma e construções de novas unidades, transporte e capacitação de professores, construção de creches, acompanhamentos dos alunos com saúde de higiene bucal nas escolas, incentivo para criação das fanfarras nas escolas e valorização dos professores.

Serviço Social

Atendimento a população carente naquilo que for necessário, cursos profissionalizantes para jovens e adultos e projetos de geração de emprego e renda. Apoio integral a terceira idade e ao pró idoso.

Parceria entre a prefeitura, Conselho Tutelar e CMDCA ( Conselho Municipal da Criança e Adolescente), amparando as famílias que vivem em situação de risco e vulnerabilidade.

Esporte, Cultura e Lazer

Incentivo a prática do esporte em todas as modalidades, melhoria na escolinha de futebol com ampliação em vários bairros do município, reativação da banda municipal para abrilhantar as festividades da cidade bem como participar de eventos regionais.

Turismo

Incentivo ao turismo no tocante a exploração de cachoeiras, trilhas a Serra do Guaraú para salto com asa delta e outras.

Obras

Revitalização da Avenida Presidente Kennedy, melhorias no acesso do hospital, fórum e cemitério, conservação de ruas, pavimentação, educar o trânsito e tratamento especial as estradas vicinais para escoamento da produção e acesso a população, ligação da presidente Kennedy ao bairro Flor da Vila com apoio do Governo Federal (DENIT), melhorias na estrada da cidade com a construção do portal, etc.

Agricultura

Apoio aos agricultores com reativação da patrulha agrícola e criação de viveiro de mudas, piscicultura e reativação da fábrica de filetamento de peixe.

Segurança

Gestões junto a secretaria de segurança pública do estado de São Paulo para o aumento do efetivo da polícia militar.

Empenho para que seja melhor equipada a polícia militar podendo assim desenvolver um trabalho adequado junto à comunidade.

Apoio para permanência da ronda escolar.

Apoio para que a polícia militar faça ronda em todos os bairros da zona urbana e rurais.

Parceria da prefeitura municipal com o conselho municipal de segurança (CONSEG) junto à comunidade.

Parceria da prefeitura junto a polícia militar para o fortalecimento do PROERD.

2-Em sua opinião quais os principais problemas enfrentados pelo comércio local e possíveis propostas para resolvê-los?

Em minha opinião visualizo que os principais problemas do comércio em geral é a falta de opção de geração de emprego e renda da população, precisamos fomentar o setor incentivando a agricultura familiar a Agro negócio para que a população tenha o poder de compras.

Jacupiranga hoje conta com o Distrito Industrial que será sem sombra de dúvidas um dos caminhos para incentivar as empresas de pequenos e médios portes não poluentes a se instalarem na nossa cidade.

Padronização das calçadas do centro comercial e mais acessibilidade, gestões junto aos empresários e bananicultores do nosso município incentivando os funcionários efetuar suas compras mensais e demais gêneros do seu dia a dia no comercio local.

Será uma realização de promessas já feitas por outros administradores.

A prefeitura poderá contribuir com o transporte visando ampliações de horários para facilitar o transporte da população.

Cursos de capacitação em parceria Prefeitura/ ACEJA, com agricultores, com o comércio local para competição de igualdade das compras dos produtos, incentivando assim a circulação dos recursos do próprio município.

Gestões junto a ValleSul e Princesa dos Campos para circulação dos ônibus via centro da cidade objetivando a concentração de mais pessoas no comércio local. Estreitar o diálogo da ACEJA com o Poder Executivo

3-Qual a sua visão sobre a importância da ACEJA para o município e suas intenções e propostas para desenvolver ações e projetos em parceria com a entidade?

Ao meu entender a ACEJA é uma entidade que pode contribuir muito com o comércio e a indústria, e unir mais o setor ajudando com o crescimento da cidade.

A Coligação Gente Que Faz! Parabeniza a ACEJA por essa iniciativa, sabendo a importância que tem a política em nosso município.

Finalmente agradecemos e nos colocamos a disposição desta entidade para eventuais esclarecimentos.

Saudações da Coligação Gente que Faz!

Coligação – Democratas Evandro Januario (Vandinho)

(DEM)

1-Faça um resumo do seu plano de governo para o município de Jacupiranga.

 Como meta principal teremos a gestão democrática e participativa, essa será nossa marca.O nosso plano de governo na saúde primará pelo pronto atendimento eficaz e com qualidade com reformulação e modernização do hospital municipal. Na geração de emprego vamos valorizar o funcionário público com plano de carreira. Vamos incentivar cooperativas e associações além de fomentar o turismo em todas as suas modalidades e, certamente trabalhar muito para desenvolver a ampliação do parque industrial da cidade. Na Educação vamos estruturar e informatizar escolas, melhorar a qualidade nutricional na merenda escolar e do transporte para os alunos. No transporte publico vamos adaptar os horários de acordo coma as necessidades dos Bairros. Na infraestrutura e melhorias vamos aperfeiçoar a coleta de lixo, melhorar a iluminação pública,desenvolver projeto para nova área de cemitério na cidade, priorizar a construção de moradia para população de baixa renda, manutenção das estradas rurais, projeto para solução do aterro sanitário da cidade. 

2-Em sua opinião quais os principais problemas enfrentados pelo comércio local e possíveis propostas para resolvê-los?

. Pouco dinheiro circulando, falta de capacitação da mão de obra e do empresário, poucas oportunidades de negócios. A solução a curto prazo é a capacitação da mão de obra para atender com excelência os poucos clientes que negociam na localidade. Capacitação dos empresários para que tenham visão ampla da sua atividade descubram onde podem melhorar, sempre buscando soluções e estudo de casos.

A médio e longo prazo é o estímulo para que outras empresas se instalem no município e possam empregar e aquecer a economia local. Além do incentivo para que empresas que prestam serviços no município tenham um mínimo de funcionários residentes aqui fazendo com que as verbas públicas girem na cidade.

3-Qual a sua visão sobre a importância da ACEJA para o município e suas intenções e propostas para desenvolver ações e projetos em parceria com a entidade?

A Aceja é importante para o município pois ajuda na organização do comércio local, o estímulo à atividade dos empresários e comerciantes, aprimoramento da atividade, sendo uma delas a Prefeitura.

A Aceja, certamente irá mais longe, quando a união de forças em torno de objetivo comum e todos os associados, se tornam mais eficientes na sua atividade, melhorando toda uma cadeia de negócios que gira em torno dessa atividade,pois o dinheiro do comércio acaba girando na localidade e os reflexos são sentidos ali mesmo.

A prefeitura será parceira da Aceja, não por bondade, mas por ver na entidade um elo estratégico para o crescimento do município e melhoria na qualidade de vida de todos que acreditam em Jacupiranga. Certamente colaboraremos com todas as atividades oficiais da Aceja.Evandro J. Silva, casado, empresário, graduando Direito e Gest. Publica

Coligação – Por uma Jacupiranga melhor

(PR/Pc do B) João Batista de Andrade ( Jesse)

1-

PLATAFORMA DE GOVERNO DA COLIGAÇÃO 

“ POR UMA JACUPIRANGA MELHOR”

NA ÁREA DA EDUCAÇÃO

Na educação uma das ações que estão elencadas em nosso plano de Governo é a reestruturação do plano de carreira, de acordo com a legislação vigente, alem de garantir uma educação de qualidade de acordo com o principio da universalização do atendimento, garantindo o acesso a escola e permanência com sucesso de todas as crianças em idade escolar

Pensando nos jovens e adultos implantar  cursos direcionados para a capacitação para o mercado de trabalho;

Investir na  Capacitação para os professores da rede escolar, buscando a excelência na qualidade do ensino municipal.

NA ÁREA DE INFRA-ESTRUTURA URBANA, VIAS PÚBLICA E MEIO AMBIENTE

Na infra estrutura municipal daremos prioridade a reestruturação e recuperação das estradas municipais, estaremos também promovendo a ampliação do aterro sanitário Municipal e dentro do possível a construção de uma usina para a reciclagem de materiais

Implementação de programas educativos sobre limpeza urbana, coletiva e seletiva para a preservação do meio ambiente, garantindo mais vida útil ao aterro sanitário;

Buscaremos também desenvolver um plano de pavimentação asfatica para os bairros que ainda não possuem suas ruas pavimentadas e a recuperação e recapeamento das ruas já asfaltadas e que necessitam de melhorias.

3. NA ÁREA DA SAÚDE

Na Saúde nosso plano de Governo traz muitas ações que visam melhorar a qualidade do atendimentos e dos serviços prestados a população, entre eles podemos destacar alguns como:

Capacitação continua aos profissionais do serviço 192 municipal.

Fortalecimento das ações básicas de saúde que envolve questões psicossociais

Implantação do programa de Saúde Bucal nos ESF Botujuru

Intensificar a Assistência Odontológica

Garantia do fornecimento de medicamentos padronizados a toda população

Modernização dos equipamentos da Unidade de Fisioterapia.

Intensificar as ações do serviço de fisioterapia e reabilitação

Garantir atendimento domiciliar e transporte adequado aos pacientes do serviço de fisioterapia

Reforma da Unidade de ESF – Botuquara,Reforma da Unidade de ESF – Lençol,Construção da Unidade de ESF – Centro/Chácara da Rosas/Cidade Nova

Implantar a equipe de ESF nos bairros – Centro/Chácara da Rosas/Cidade Nova

Manutenção da renovação de frota

Incremento da educação permanente e continuada dos profissionais de saúde

Criação da casa da Mulher (espaço exclusivo para atendimento a mulher)

Fortalecer o programa de Saúde da Mulher

Implementar o programa de Saúde da Criança

Implementar o programa de Saúde do Idoso

Implementar o programa de Saúde do Homem.

Fortalecer as ações de Planejamento Familiar

Fortalecer as ações coletivas de saúde – Saúde em Forma

Capacitação das equipes de trabalho visando melhor humanização e acolhimento aos munícipes

Implantação do plano de carreira

Implantar e atualizar o protocolo de serviços de encaminhamento e transporte

Descentralizar para as Unidades de ESF os serviços de vacinação municipal

Informatizar todas as Unidades de Saúde

Reestruturar as ações de vigilância sanitária, com a criação de programas de controle e orientação ao comércio

Modernizar o Pronto Atendimento Municipal.

Garantir a distribuição de medicamentos nas Unidades de Saúde Rural

4. NA ÁREA DO  ESPORTE, CULTURA E LAZER

Construção de um Centro Poliesportivo para apoio e formação de atletas amadores no município, com apoio a pratica dos esportes olímpicos como ginástica, atletismo, ginástica rítmica, natação e outros;

Construção de quadras esportivas nos bairros urbanos, que ainda não possuem;

Cobertura das quadras existentes nos bairros urbanos;

Incentivar as escolinhas municipais de futebol, basquetebol e voleibol, com a finalidade de oferecer oportunidade para jovens carentes, como oportunidade de vida;

Construção de arquibancadas do campo da Flor da Vila e melhorias nas estruturas existentes;

Construção de pistas de skate;

Construção de um Centro de Treinamento para a ginástica rítmica;

Incrementar os Jogos Escolares  de Jacupiranga – JEJAC;

Apoio aos atletas que participam de jogos, com o objetivo de promover o nome de Jacupiranga;

Construção de playground e área de lazer nas áreas ociosas municipais;

5.    NA ÁREA DO TURISMO

Implementação do Setor de Turismo Municipal;

Fortalecimento do Conselho Municipal de Turismo;

Construção  de  trilhas para passeios ecológicos na zona rural;

Implementar o Ecoturismo e o Turismo Rural; Criação de um Bosque Municipal, como área de Lazer e com atividades práticas para uma conscientização ecológica;

Investimento na formação e ação de agentes locais, com função de apoiar  e orientar  pessoas e grupos em ações visando ao desenvolvimento local sustentado;

Implantar os núcleos de visitação com monitores e guias para passeios ecológicos;

6. NA ÁREA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Retomada da ética no trato das questões públicas;

Ampliação da capacidade de gestão dos servidores públicos e profissionais qualificados nomeados em comissão para exercer funções de chefia e coordenação, com estabelecimentos de novas formas e rotinas de trabalho;

Fortalecimento de canais de participação e de controle social, como manutenção de diálogo com múltiplos segmentos sociais, lideranças políticas e sociais;

Garantia da dimensão estratégica no planejamento de ação governamental, para que o governo cumpra os objetivos previstos, metas e prazos com efetividade e não imediatismo;

Ampliação do Setor de Ouvidoria, como instrumento de controle social da gestão;

Implementar o uso intensivo das tecnologias de informação e comunicação, com finalidade de aperfeiçoar os modelos de gestão eficazes e democráticos, garantindo uma transparência e controle social;

Valorização dos servidores públicos, com políticas de capacitação e treinamento em serviço, garantindo o aperfeiçoamento profissional;

7.  NA ÁREA DE FINANÇAS PÚBLICAS

Ampliar a capacidade de arrecadação, buscando formas de gerar e potencializar recursos públicos para garantir vida digna a todos;

Política de Valorização e Incentivos a empresas que instalarem no Parque Industrial;

Cooperação entre os setores diversos da economia e trabalho, por meio de arranjos produtivos;

Integração do setor informal da economia ao processo de desenvolvimento, com apoio a rede comunitárias de produção e comercialização, cooperativas e outras formas de economia solidária;

8. NA ÁREA DE ATIVIDADES PRODUTIVAS (COMÉRCIO, INDÚSTRIA, AGRICULTURA E PECUARIA)

Apoio a programas de  geração de emprego e renda, sob responsabilidade da prefeitura ou em parceria com outros governos, instituição sociais, sindicatos, Sebrae, etc.;

Contratação de veterinário;

Implementação de Plano de Desenvolvimento Local, articulado ao Plano Diretor do Município;

Ampliar a utilização dos produtos agropecuários na merenda escolar;

Incentivar o Programa da Agricultura Familiar;

Fortalecer os artesões locais, oferecendo condições aperfeiçoamento de seus produtos para competir a nível regional e  nacional;

Fortalecer a piscicultura local, oferecendo condições para a sua comercialização;

Apoio a implantação de culturas alternativas e desenvolvimento de arranjos produtivos locais;

Conservação e manutenção das estradas rurais, facilitando o transporte dos produtos para a sua comercialização;

9. NA ÁREA DO TRANSPORTE

Modernização  e Adequação do Setor de Transporte Municipal

Ampliar a frota Municipal de Transporte Coletivo;

Implantar um órgão de gerenciamento e fiscalização do sistema de transporte coletivo, visando oferecer serviço de qualidade;

Revisar  o número de rotas para o transporte escolar, oferecendo oportunidades para todos os alunos na idade escolar;

Implementar o serviço de sinalização viária urbana, com sinalização horizontal, vertical e de solo, oferecendo melhores condições para o usuário;

10.  NA ÁREA DO COMBATE AS DESIGULDADES SOCIAIS

Implementação do Departamento Social Municipal;

Implementação de políticas para a formação e treinamento de diversos profissionais  nas diversas áreas com cursos desenvolvidos no CRAS;

Desenvolver políticas públicas de inclusão social; com base de desenvolvimento, para materializar localmente no atendimento às necessidades dos cidadãos e das cidadãs onde residem e trabalham;

Implementação de políticas redistributivas de renda , tais como Bolsa Família, Renda Mínima, Bolsa Trabalho, Bolsa Escola e outras, articuladas às demais políticas sociais; com instrumentos de desenvolvimento  na medida que possibilitem a colocação das pessoas em patamar mínimo necessários.

Essa é uma parte do nosso programa de governo que em breve estará sendo distribuído com o objetivo de levar ao conhecimento de toda a população nossos projetos para a construção de Uma Jacupiranga Melhor

2- Na minha opinião, os problemas que existem devem ser encarados de frente, cabendo à  ACEJA, juntamente com o comercio local, levantar os problemas e discutir com a Administração as possíveis soluções, buscando a resolução dos mesmos, uma vez que esse é o papel da Associação Comercial. Defender e propor ações que permitam o desenvolvimento e o crescimento do comércio em nosso Município, cabendo ao Administrador ou à Administração, dar todo o apoio necessário para que os projetos que visam o crescimento comercial do município, tenham sucesso. Para que isso aconteça é de fundamental importância que haja envolvimento e um bom relacionamento entre a ACEJA, empresários e a Administração Municipal.

3- Penso que a ACEJA é importante enquanto representatividade maior do comércio local, dando condições para que todos tenham oportunidades para se desenvolver, se expandir e dar um atendimento de qualidade aos clientes, com  produtos que atendam às suas necessidades. A administração pública deve sempre estar aberta para apoiar os projetos que visam o crescimento do comércio, e consequentemente, do município, acredito que após o resultado das eleições municipais, estaremos prontos para as discussões e projetos que tenham por objetivo desenvolver o comércio no município e em consequência disso promover o crescimento de nossa cidade. Dentro dessa ótica, tanto a ACEJA como os Empresários, podem contar com nosso empenho e dedicação, para juntos encontrarmos caminhos que permitam promover o desenvolvimento do município como um todo, pois juntos somos mais fortes e assim, construiremos uma Jacupiranga melhor.

                                    João Batista de Andrade( Prof. Jessé) 

                     Candidato a Prefeito pela Coligação Por Uma Jacupiranga Melhor.

Coligação – Partido Republicano Progressista

(PRP)

Paulo Cesar Docena

Eu, Paulo Cesar Docena, brasileiro, nascido em Joaçaba – SC em 16/12/1969, casado há 19 anos com Adriana Docena, pai de duas filhas. Morei 30 anos no município de Quatro Barras onde fui vereador - gestão 1.997 a 2.000. Hoje morador em Jacupiranga, há 09 anos, no bairro de Pindaúba. Comerciante, empresário, dono do restaurante Itororó, Itororó II e Hotel Morado do Sol. Contando com uma equipe de  70 funcionários diretos e indiretos. Sou candidato a prefeito de Jacupiranga, a qual sinto muito orgulho de ser morador desta cidade tão querida e que escolhi para passar o resto de minha vida.

Eu penso que a política é o muito importante na vida do cidadão, pois nela está desde o chão que pisamos, a água que bebemos, a comida que comemos e o ar que respiramos, a sociedade e o desenvolvimento de toda população.

Precisamos desenvolver a justiça social, sendo o fator principal, priorizar o emprego, saúde e educação. Administrar melhor o dinheiro público buscando recursos externos, apoiar o produtor rural com cooperativas, conservação de estradas para o escoamento da produção para pequenos e grandes produtores rurais e tudo que tiver ao alcance da prefeitura.

 

  1. Uma das principais dificuldades são encargos muito altos, falta de apoio de órgãos competentes, alguns vindo até a fechar o comércio.

Primeiramente têm que dar um jeito no desemprego, sem trabalho às pessoas não tem dinheiro para gastar. Promover eventos para movimentar o comércio local. Tornar o município em estância turística de imediato.  E em longo prazo ampliar o parque industrial e atrair novas empresas.

  1. É importante para os comércios. Proponho colocar a prefeitura em parceria para fortalecer a entidade, buscando projetos e eventos e fiscalizando infratores que atrapalham o desenvolvimento do comércio.

Coligação – Por uma cidade próspera

(PPS) Roberto Carlos Garcia

 

  1. Faça um resumo do seu plano de governo para o municípo de Jacupiranga.

 

Faremos um governo focado nas pessoas, fazendo a cidade funcionar. Vamos trabalhar para dar mais qualidade aos serviços públicos de saúde, educação, assistência social, esporte, cultura e lazer, infra-estrutura e transporte. Trabalharemos em 6 eixos: Saúde, Educação, Qualidade de Vida, Governança e Gestão Pública, Urbanismo e Emprego e Renda.

Diante da atual crise econômica em nosso País, o futuro governo municipal terá que melhorar a qualidade do gasto público. Uma administração austera, porém competente para bem utilizar os recursos públicos. Vamos implantar um novo conceito para execução das obras municipais, com rigor absoluto desde a elaboração do projeto até sua conclusão. Nossa administração será baseada na transparência. Implantaremos um sistema de gestão participativo e descentralizado, em que a população será ouvida. Além de valorizar os mecanismos de controle, serão criados canais diretos de comunicação com a Prefeitura. Vamos desenvolver ações para o crescimento econômico, identificando vocações e potencialidades, buscando iniciativas inovadoras e estimulando o espírito empreendedor. Poder público e iniciativa privada trabalharão juntos para criar oportunidades para todas as pessoas, transformando Jacupiranga numa cidade próspera e feliz.

 

  1. Em sua opinião, quais os problemas enfrentados pelo comércio local e possíveis propostas para resolvê-los?

 

O baixo desempenho do comércio local (aqui e em outros municípios) está diretamente ligado à falta de emprego e renda da população. Para mudar essa realidade teremos que identificar nossas potencialidades e pensar no modelo de desenvolvimento que queremos. Nossa grande alternativa de desenvolvimento está voltada para o potencial ambiental da nossa região, de grande valor, e ainda muito pouco explorado, principalmente no setor de turismo. Com auxílio de outras instituições podemos criar uma incubadora de empresas de turismo para nosso município e região, similares às que já existem em várias cidades no Brasil. O turismo é um dos instrumentos mais importantes em termos de alavancagem da economia de diversas regiões. Em muitas delas, a atividade garante o crescimento econômico-social, possibilitando a geração de empregos e uma distribuição de renda mais justa. Jacupiranga tem como ponto forte sua localização estratégica, cortada por uma importante rodovia e entre duas grandes capitais. A alternativa para explorar essa vantagem competitiva é buscar, com outras esferas de governo, incentivos para o fomento de novos empreendimentos, mas para isso deverá também redefinir seu plano de desenvolvimento urbano e territorial e cuidar da infra-estrutura.

 

  1. Qual a sua visão sobre a importância da ACEJA para o município e suas intenções e propostas para desenvolver ações e projetos em parceria com a entidade?

 

Neste aspecto posso falar com propriedade porque fui um dos responsáveis pela reativação da ACEJA em 2006, assumindo a presidência neste processo. Sempre acreditei que uma entidade que representa o empresariado local, juntamente com o poder público, poderá contribuir de forma ativa para o desenvolvimento econômico e social de nosso minicípio. Desta forma, pretendemos restabelecer os laços de parceria, inclusive com outras instituições, para o desenvolvimento de projetos de capacitação, de formação e também  implementar ações já previstas na Lei Geral Municipal (substitutivo de minha autoria).

 

Breve histórico dos candidatos

 

Candidato a Prefeito:

Roberto Carlos Garcia, é empresario no município de Jacupiranga desde 1994. Farmacêutico-bioquímico formado pela USP (Universidade de São Paulo) em 1991. Pós-Graduado em Gestão Empresarial e Empreendedorismo pela Scelisul (2002) e Pós-Graduado (Especialista) em Gerente de Cidades pela FAAP (2010).  Vice-Prefeito de Jacupiranga (2005-2008), Presidente da ACEJA entre 2006 e 2008. Candidato a Prefeito em 2008. Eleito vereador em 2012, tendo a segunda maior votação naquela eleição. Foi presidente da Câmara Municipal em 2013.

 

Candidato a Vice-Prefeito:

Robson Gonzales, arquiteto e urbanista, especialista em acessibilidade e mobilidade urbana. Passou sua infância no bairro Botujuru, estudou magistério no colégio Capitão Bernardo e seu avô foi diretor e presidente do Sindicato dos trabalhadores rurais de Jacupiranga por 30 anos. Estudou arquitetura e urbanismo em São Paulo onde solidificou sua carreira profissional. Membro da comissão de defesa dos direitos da pessoa com deficiência e da comissão de direito urbanístico da OAB-MG (2012 a 2014). É perito técnico da Defensoria pública do Estado de São Paulo.

Pós-graduado em acessibilidade, foi professor e ministrou palestras em universidades como Mackenzie e Uninove. Defende os direitos da pessoas com deficiência e o direito à inclusão em todas as esferas. 

 

 

 

 

 

 






<< Voltar

13 3864-1711